“Durante os anos de 2000 à 2015, seguindo o plano de ação dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio, o Brasil apresentou significativas melhoras nos índices de pobreza, de concentração de renda, de emprego, de salários e de políticas sociais (ONU, 2017). Frente à introdução da Agenda 2030 e dos novos Objetivos dos Desenvolvimentos Sustentáveis (ODS), o Brasil ainda enfrenta significativos desafios no seu desenvolvimento. Ao abranger uma população de 209 milhões de habitantes, as demandas por melhorias nos sistemas de educação, de saúde, de habitação e de infraestrutura são crescentes e urgentes. Em um cenário de crise política, de estrangulamentos econômicos, de profundas mazelas sociais e de desigualdades de gênero e étnico-raciais, dificilmente o Brasil conseguirá, sozinho, atender e solucionar as demandas em questão. Então, quais podem ser nossas possibilidades?”

Confira a coluna desta semana sobre a aplicação do ODS 17. Faça o download do texto aqui

 

Anexos